quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Uma chamada inesperada

Hoje, no meio da manhã, recebim uma chamada inesperada de um bom amigo. E o passado voltou por um momento. Foi realmente grato. Aqueles anos, apesar dos trabalhinhos, fôrom bem divertidos. Hoje muitos dos meus companheiros e amigos daquela altura andam por ai adiante espalhados. Eu devo ser um dos poucos que ficou em Compostela... e veremos por quanto tempo. Para essa gentinha toda vai dedicado o vídeo de hoje, o I Will Survive das Aventuras de Priscilla, Rainha do Deserto, um filme que nos marcou a todos e que representa em boa medida a alegria, a ilusom e a inocência daqueles anos. Sem nostalgia e com satisfacçom, dentro vídeo!

6 comentários:

arrecona disse...

é ben grato cando chegan de novo esos momentos, eh! cantos recordos inundan de repente a cabesiña, joder, sisisi, que guai...




oes, sería a hostia que viñeras a vigo, eu estou seguro de que o pasaríades moi ben... pro bueno, non sempre se pode...

sergio74 disse...

Si q tes razóm, Priscilla marcou umha epoca...
Votamoste de menos o sabado, estivo xenial emcantoume Franc3s, ese Roland dalle um rollo guapisimo o q fam.
Xa pouco queda para o do The Homens, se nom nos vemos antes veremonos ese dia.
Saudos e unha aperta

sergio74 disse...

Si q tes razóm, Priscilla marcou umha epoca...
Votamoste de menos o sabado, estivo xenial emcantoume Franc3s, ese Roland dalle um rollo guapisimo o q fam.
Xa pouco queda para o do The Homens, se nom nos vemos antes veremonos ese dia.
Saudos e unha aperta

mueja disse...

Pois si que estamos espallados!! Pasou tanto tempo que non te lembrarás. Hoxe recollo o teu convite das oito cousas.

Luis_en_transito disse...

leo Vigo ? ... avisa

pos a min a verdade e que pouco me marcou , digooooooooo

e como o de Paco Martinez Soria e as "Españoldas", pois mais ou menos no noso mundo ( merda xa saiu o criticón que levo dentro )

pode que pase por Santiago na ponte e tomarei un cafe ou comerei con Gus .... chamámoste ?

bicos

torredebabel disse...

o tempo, esa convencion á que chamamos tempo, sempre sabe voltar cando máis lonxe pensamos que quedou.